Memórias do VI Café com Prosa 2019

Tema: 200 anos de nascimento do Padre José Maria Xavier

O Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei (IHG-SJDR) realizou em 22 de agosto a sexta edição, em 2019, do evento denominado “Café com Prosa: Roda de Conversa”. Dedicado ao tema “200 anos de nascimento do Padre José Maria Xavier” foi coordenado por esta Presidência e realizado na Casa de Bárbara Heliodora na Praça Frei Orlando, número 90, Centro, São João del-Rei (MG). Estiveram presentes o presidente Paulo Roberto de Sousa Lima, a vice-Presidente Maria Lucia Monteiro Guimarães, que coordenou, os confrades José Alberto Ferreira, José Claudio Henriques, José Carlos Prieto, também representando a Academia de Letras, José do Carmo dos Santos, Sherman Ribeiro, contador do IHG e o confrade honorário Abgar Campos Tirado, além de inúmeros convidados como o Secretários Marcus Fróis, a secretária Cinthia Leite, a diretora da Biblioteca Municipal Cláudia Teixeira, o diretor do Conservatório Mauro André dos Santos, o vice-diretor Anthony; vários alunos e professores do Conservatório; Marcela Paiva e seu grupo de crianças, equipe técnica composta pela jornalista Carla Gomes, o design gráfico Flávio Lobosque e o fotógrafo Antônio Celso Toco. O evento também contou com a presença dos parceiros Grupo Lendas São-joanenses e do grupo teatral Entre & Vista.

Antes do início da festa os membros da organização do Café com Prosa ajudaram a organizar o espaço do evento que aconteceu no pátio da casa de Bárbara Heliodora e no salão principal da Biblioteca Municipal Baptista Caetanos D’Almeida de São João del-Rei. Os bordados, do programa “Educação Patrimonial” do IHG, feitos especialmente para o evento, foram destaque e encantaram às pessoas que apreciaram a delicadeza e riqueza de detalhes desse trabalho artesanal. A realização desse Café contou com a indispensável parceria das Secretarias de Educação e de Cultura e Turismo. Também foram parceiros a Academia São-joanense de Letras, a Biblioteca Municipal e o Conservatório Estadual de Música Padre José Maria Xavier.

A vice-presidente Lucinha Guimarães abriu o evento em nome do Instituto, destacando a importância das parcerias e lendo um texto do blog “Tenções e Terentenas de São João del-Rei”, de Antônio Emílio da Costa. A leitura fez um resumido relato sobre a biografia de Padre José Maria Xavier, Patrono da Cadeira Perpétua de número 13 desse Instituto. Logo após a leitura, Lucinha recebeu personagens de um padre e uma “bisbilhoteira” que deliciaram os presentes com performances teatrais sobre antigas lendas de SJDR, agora adaptadas à vida do Pe. José Maria Xavier. Na sequência convidou os professores do Conservatório e mestres na história do homenageado a integrarem a roda de conversa: o confrade e professor Abgar Campos Tirado, o professor Adilson Cândido e a professora Salomé Viegas. Os três mestres relataram aspectos da história musical de Padre José Maria Xavier e contaram fatos significativos desde o nascimento até a morte do reconhecido músico são-joanense. Entre as várias curiosidades apontadas, só para citar algumas, temos o fato que o sonho do então menino José Maria Xavier era de pregar e assim que se ordenou teve apenas duas oportunidades: a primeira foi no dia da sua ordenação, em Mariana, e a segunda foi no Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, em São João del-Rei. Depois disso, devido a um problema de saúde em seus pulmões se viu impossibilitado de pregar. Aí começa a saga de suas centenas de composições musicais. Também foi dito durante a explanação dos professores que só a Lira São-joanense tem catalogada 110 composições de Padre José Maria Xavier. Entre curiosidades e interlocuções com o público presente, na qual foi ativo interlocutor o confrade José do Carmo, o Tete, essa roda de conversa foi um momento único de troca de conhecimento sobre um dos principais, e nos atrevemos a dizer, o principal ícone da música são-joanense. O patrono do Conservatório Estadual de Música nasceu em agosto de 1819, em São João del-Rei, e faleceu aqui, nas terras onde os sinos falam, em janeiro 1887.

Assim que a roda de conversa foi encerrada, os professores Adilson Cândido, Salomé Viegas, ao lado de Adriana Abid Mundim e Lúcio Barreto fizeram magnificas apresentações de algumas composições do Padre José Maria Xavier. Ao final da belíssima apresentação, Lucinha convidou a direção do Conservatório para fazer o lançamento do selo comemorativo dos 200 anos de nascimento de Padre José Maria Xavier e, então o diretor Mauro, apresentando a ideia da reverência formal ao homenageado, presenteou o IHG e vários dos presentes com exemplares do selo em uma bonita pasta comemorativa. Anunciou, também, a primeira distribuição da Comenda Pe. José Maria Xavier e, entre os agraciados, o presidente do Instituto Histórico e Geográfico, Paulo Roberto de Sousa Lima, pela parceria e realização do Café com Prosa.

Após esse momento de homenagens, foi servido um café mineiro aos participantes no salão principal da Biblioteca Municipal. Enquanto os convidados se deliciavam com o café, no pátio da casa o grupo Entre & Vista, de Tiradentes, preparava a apresentação de uma Seresta Imperial. Ao saírem do café as pessoas se deparavam com um cenário que pareciam que tinham voltado para o século XVIII com os integrantes do grupo vestidos a caráter e cantando músicas de seresta imperial, como “Amo-te, muito…” e outras. Os convidados do sexto Café com Prosa se despediram do evento ao som dessas modinhas e com a certeza de que a riqueza cultural e histórica de nossa São João del-Rei ainda tem muito a ser divulgado.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *